Durante LIVE da Banda Calcinha Preta, cantores CHORAM em momento EMOCIONANTE, "Dificil entender essa morte" - Portal Cearabelha | Noticias da Calcinha Preta e Forró

Breaking

Publicidade

https://youtu.be/SaA1iFfohWU

domingo, 28 de fevereiro de 2021

Durante LIVE da Banda Calcinha Preta, cantores CHORAM em momento EMOCIONANTE, "Dificil entender essa morte"

 Saudade

Cantores ficam saudosos de integrante da banda falecido

O momento mais marcante da live Luau da Calcinha Preta, realizada ontem(27), foi a homenagem que a banda produziu para o motorista Pesão, que faleceu de Covid-19 este ano. O profissional trabalhava na banda a mais de 20 anos.

Silvânia Aquino cantou a música "TANTO AMOR QUE EU TE DEI", sucesso do vol.15 da discografia da banda sergipana. Durante a canção, a morena se emocionou e não conteve as lagrimas. No palco, Paulinha e Daniel também se emocionaram. 

Antes de cantar, Aquino resolveu abrir o coração e falar de Pesão, "Perdemos um ser humano único esse ano, foi muito difícil entender, não foi nem aceitar. Difícil entender essa morte. Pesão, ele viveu mais de vinte anos dedicados a família Calcinha Preta, ao ônibus e a cada uma das vidas presentes. Eu chamava ele de meu anjo da guarda, ele tomava conta da gente, o ônibus quebrava, a gente só ficava na estrada se fosse uma coisa realmente que ele não pudesse ou tivesse condições de resolver. Ele resolvia tudo sempre para que não perdesse os dois ou três shows da noite, realmente ele ele era muito incrível. Até hoje a gente não consegue entender. A gente olha pro ônibus e acha que é ele que vai dirigir... enfim, Ademar é ouro e é pra nossas vidas pra sempre. Desabafa a cantora dando o verdadeiro nome do ex-motorista. Por algum motivo, Bell Oliver não estava no palco neste momento.

Além de muita emoção, não faltou música e brincadeiras entre os cantores, em determinado momento da transmissão Silvânia e Paulinha quase derrubaram Daniel Diau numa brincadeira, que foi levado na esportiva por todos.

Confira todos os detalhes na matéria em vídeo a seguir:


Nenhum comentário:

Postar um comentário